Lost S06E05

25/02/2010 at 11:09 am 4 comentários

Lighthouse
Jack Bender – 2010 – EUA

ATENÇÃO: texto contém vários SPOILERS da sexta temporada de Lost.

Jack (e o ator Matthew Fox) não tem personalidade para carregar um episódio inteiro procurando Jacob sem um motivo forte e um obstáculo sério. Ao menos o farol, no fim do trajeto, foi um conceito visual interessante (e uma boa explicação para os números ruins), embora descartado com pressa.

Quanto a realidade alternativa, acho que só depois de revelarem sua função, vou entender qual a importância de ver Jack se relacionar com seu filho, introduzido aqui e que talvez jamais apareça de novo. Ao menos Jack Bender (o mais prestigiado diretor de Lost, estranhamente desperdiçado aqui) caprichou nos enquadramentos ocultando/revelando as aparições de Jacob e do líder asiático dos Outros (na realidade alternativa).

Se Jacob estiver certo e Lighthouse foi a terapia definitiva para Jack deixar de ser idiota, o episódio valeu. Em compensação, gostei da tensão e ambiguidade no encontro entre Jin e Claire, reforçada pela atuação ruim, praticamente camp da Emilie de Ravin. Com a aparição de Locke-falso no final, entendi que a temporada ainda está colocando suas peças no lugar – mas já não passou da hora do jogo começar?

Anúncios

Entry filed under: TV. Tags: , , , , .

O Fim da Escuridão Pandorum

4 Comentários Add your own

  • 1. Ailton Monteiro  |  25/02/2010 às 12:26 pm

    Eu achei o episódio sem força. Principalmente naquele lance do Hurley e do Jack andando. O papo sobre ser old school também pareceu meio besta.

    Mas, por outro lado, gostei do universo alternativo do Jack e do seu dificil relacionamento com o filho. Eu me identifiquei com o garoto, pois sempre tive dificuldades em conversar com meu pai, mas também pude sentir a dor de Jack, cada vez mais sozinho.

    Responder
    • 2. brunoamato  |  25/02/2010 às 12:45 pm

      Em geral, gosto tanto do Hurley que, ao contrário do Jack, acho que ele segura uma caminhada sem sentido no mato. E o lance do old school, do caixão, do “what it takes” foram umas piscadas pra primeira temporada meio bobas mesmo.

      Quanto a realidade alternativa, eu até gostei das atuações, mas se importar com um personagem que entrou agora foi difícil. Eu teria preferido se eles focassem no pai do Jack ou na ex-esposa dele, por exemplo. Seja como for, eu acho que a realidade alternativa deve fica melhor tão logo a gente descubra o segredo dela, se tiver algum.

      Responder
  • 3. Ailton Monteiro  |  25/02/2010 às 1:00 pm

    Agora, achei interessante o fato de ser mais um episódio focado no Jack. Mostra que ele é mais do que simplesmente o principal protagonista da série. Altera a ordem das coisas. Em geral, teriam focado em outro personagem ou deixado para focar de novo nele lá pelo final da temporada.

    Responder
    • 4. brunoamato  |  25/02/2010 às 1:15 pm

      Bom, até onde sabemos podem focar nele de novo lá na frente. Mas acho que não, pois faltam poucos episódios, os criadores parecem ter desistido de retratá-lo como “o” protagonista da série e no mundo paralelo eles estão reunindo os personagens, uma boa estratégia narrativa (exemplo: no episódio focado no Ben, com certeza saberemos mais sobre Locke, etc).

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

fevereiro 2010
S T Q Q S S D
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: