Lost S06E06

04/03/2010 at 3:11 pm 2 comentários

Sundown
Bobby Roth – 2010 – EUA

ATENÇÃO: texto contém vários SPOILERS da sexta temporada de Lost.

Sundown prova o quanto decisões equivocadas em episódios anteriores na temporada de uma série podem prejudicar seriamente um episódio que é bem resolvido por si só, especialmente tudo envolvendo Sayid (Naveen Andrews, em bom momento), repetindo aqui o dilema de tentar renegar sua natureza violenta.

A trama dele na realidade original, onde ficou dividido entre matar Dogen (o líder do templo) ou Locke-falso, por exemplo, funcionou para mim. Talvez porque, como expectador de Lost há seis anos, me identifiquei com a irritação dele com figuras misteriosas que se recusam a dar respostas. Entretanto, o episódio todo, incluindo a decisão dele de trair os Outros do templo me deixou frio porque Damon Lindelof e Carlton Cuse não souberam justificar a presença deles na série, ou sequer conseguiu torná-los interessantes.

Outra coisa que o episódio prova é o quanto pode ser difícil criar suspense quando você mantém o espectador completamente no escuro. Por que Locke-falso precisava destruir o templo? E qual a função da realidade alternativa (o fato de Sayid também ser um homem violento nela parece negá-la como o “final quase-feliz” dos personagens)?

Minha reclamação também vale para o final de Sundown, que funcionou mais pelo impacto audiovisual que dramático (ponto para o diretor Bobby Roth): os sobreviventes do massacre no templo (Sayid sorrindo de forma estranha, Claire, Kate, alguns Outros) se reúnem calmamente diante de Locke-falso, enquanto uma canção infantil é ouvida. Eu tive a impressão que alguma epifania foi alcançada. Mas por quê? Seria bom saber o que está em jogo ou ao menos me importar com QUEM está em jogo.

Anúncios

Entry filed under: TV. Tags: , , , , , .

Pandorum Lost S06E07

2 Comentários Add your own

  • 1. Ailton Monteiro  |  04/03/2010 às 6:01 pm

    Dessa vez, concordo em tudo que vc falou, Bruno. A trama da realidade alternativa do Sayid não me agradou muito, mas até que a trama na ilha foi interessante. Eu acho que a dupla criativa de LOST está se enrolando cada vez mais. Melhor cena: a fumaça preta no templo.

    Responder
    • 2. brunoamato  |  04/03/2010 às 8:02 pm

      Sei não Ailton, eu gostei da realidade alternativa do Sayid. Na verdade, desse episódio só gostei realmente de tudo que envolvia o iraquiano. A cena do templo em teoria é boa, mas como se importar com personagens que a gente mal conhece, mal abriram a boca, etc?

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: