Cotações da Mostra SP (até 30/10)

30/10/2010 at 11:09 pm Deixe um comentário

Estes são todos os filmes vistos até o dia 30/10. Por favor, observem que alguns filmes tiveram suas cotações mudadas em relação ao post anterior de cotações.

* * * * = Especial. Talvez não seja ”obra-prima”, mas algo nele o torna ainda maior que grandes filmes.

Mistérios de Lisboa (Raoul Ruiz)

* * * = Gostei muito. Um grande filme, precisa dizer mais?

Cópia Fiel (Abbas Kiarostami)
O Estranho Caso de Angélica (Manoel de Oliveira)
História Mundana (Jao Nok Krajok)
Machete (Robert Rodriguez)
As Quatro Voltas (Michelangelo Frammartino)

* * = Interessante. Pode até não ser um bom filme, mas algo nele o torna interessante o bastante para ser visto.

Armadillo (Janus Metz)
O Caçador (Rafi Pitts)
A Cidade Abaixo (Christoph Hochhäusler)
Um Dia na Vida (Eduardo Coutinho)
A Espada e a Rosa (João Nicolau)
Exit Through the Gift Shop (Banksy)
Jean Gentil (Laura Amelia Guzmán, Israel Cárdenas)
Um Lugar Qualquer (Sofia Coppola)
Luz nas Trevas (Helena Ignez, Icaro C. Martins)
Nossa Vida (Daniele Luchetti)
Sobre Seu Irmão (Yoji Yamada)

* = Não gostei. Não adianta, não gostei mesmo do filme, o que não significa necessariamente que seja um lixo total.

Avenida Brasília Formosa (Gabriel Mascaro)
Bróder (Jeferson De)
Caterpillar (Koji Wakamatsu)
Ex Isto (Cao Guimarães)
Filme do Desassossego (João Botelho)
A Primeira Coisa Linda (Paolo Virzì)
Poesia (Lee Chang-dong)
Rio Dooman (Zhang Lu)
Turnê (Mathieu Amalric)
A Última Estrasa da Praia (Fabiano de Souza)

W.O. = Desisti do filme. Não necessariamente por causa da qualidade do filme.

Carlos (Olivier Assayas)

Desisti com uma hora (o filme tem 5h30). A cópia de Carlos está feia mesmo. Não inassistível; já vi piores nesta mesmo mostra, mas fiquei entediado e senti que não valeria a pena permanecer até o final (se pelo menos durasse umas duas horas…). Desconfio que o tédio também era por causa do filme em si (mas pode ser difícil separar as coisas quando você vê um filme numa cópia de má qualidade). Resumo da 1ª hora: o filme é um docudrama em que atentados terroristas são intercalados por relações amorosas e tudo isso (os atentados, as mulheres) são filmados todos de modo tediosamente idêntico (é um filme sem tesão – em ambas as áreas). Não duvido que melhore adiante, mas como disse, a cópia não valia o esforço para descobrir.

Anúncios

Entry filed under: Cinema. Tags: .

Um Dia na Vida Três filmes da Mostra SP (Armadillo, O Caçador, e Oliveira)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

outubro 2010
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: